Translate

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Aulas dias 02 e 04/05/2009


Aula dia 02/05/2009 – sábado

200m peito – pular da borda a cada 50m e fazer a filipina depois do salto
100m pernada de costas com prancha
200m costas – cada piscina executar 1 saída de costas
200m crawl R4 – cada vez que virar a cabeça para respirar gritar em voz alta o
nome de um bicho – executar salto da borda a cada 50m
200m medley revezamento – COSTAS, PEITO, GOLFINHO E CRAWL
100m braçada livre com pulbói
200m 8 costas - 4 peito – 8 crawl – sempre fazer a virada do estilo que chegou na borda
100m pernada de peito com braçada de crawl
100m braçada livre
100m pernada de crawl com braçada de peito
200m crawl R5 com virada olímpica – executar com velocidade a virada
200m peito com viradas simples e procurar sair na bandeirinha em cada borda
2 x 100m medley – fazer salto da borda e viradas de todos os estilos
100m pernada de golfinho sem prancha
200m escolher seu melhor estilo – fazer salto da borda em cada piscina
200m peito com bastante deslize de braçada

Total: 2600m


Aula dia 04/05/2009 – segunda-feira


200m escolher 1 estilo e empurrar bem forte os pés na borda em cada virada
100m peito submerso com braçadas bem fortes e longas
SAIR DA PISCINA E EXECUTAR 05 SAÍDAS DA BORDA
200m ½ piscina costas duplo e ½ piscina peito – fazer virada sempre de peito
3 x 100m medley – sair da piscina cada início de medley e fazer um salto
100m pernada de golfinho lateral com prancha
100m costas
200m ½ piscina golfinho ½ peito R2 – fazer a filipina na borda no nado peito
400m crawl R livre - fazer salto da borda a cada 200m
100m braçada medley
100m sua melhor pernada com prancha
100m braçada medley
100m sua pior pernada sem prancha
200m costas no máximo 30 braçadas por piscina e fazer viradas simples
200m crawl R5 com viradas olímpicas na velocidade da luz
200m peito R3 e R1 na mesma piscina

Total: 2600m

quarta-feira, 29 de abril de 2009

AULA DIA 30/04/2009


Aula dia 30/04/2009 – quinta-feira

150m crawl R3 com bastante impulsão com os pés na borda
100m 2 pernadas de peito para 1 braçada
150m costas – sempre executar a saída da borda em cada piscina
100m crawl vai só braçada direita / volta só braçada esquerda
200m peito – fazer saída da borda com filipina e virada
100m pernada de costas sem prancha e braços atrás da cabeça
200m crawl R2 com viradas simples
200m crawl R4 com viradas olímpicas
150m vai peito
Volta golfinho
100m pernada de costas com prancha
150m costas com viradas simples em cada piscina
100m crawl R8 com 1 cambalhota sempre no meio da piscina
3 x 100m medley – realizar saída da borda no início de cada medley
100m misturar estilos (perna de um braço de outro - pode variar)
300m crawl R livre – fazer saída a cada 150m e deslizar ao máximo
200m alternar costas e peito – sempre fazer viradas na borda
Total: 2600m
Aula em colaboração da Profª Camila ! Muito obrigado!

terça-feira, 28 de abril de 2009

AULAS DIAS 28 E 29/04/2009



Aula dia 28/04/2009 – terça-feira

200m 6 braçadas de crawl para 4 peito – executar a virada com o estilo que chegou na borda
200m 8 crawl para 8 costas e 5 peito – executar a virada com o estilo que chegou na borda
2 x 100m medley – executar todas as viradas dos 4 estilos
FAZER 7 SAÍDAS DO NADO COSTAS - DA BORDA ATÉ A BANDEIRINHA
100m pernada de crawl com braçada de peito
50m mergulho parafuso
200m peito com filipina em uma das bordas
400m costas – fazer saída a cada 100m e 50m com viradas simples e 50m com viradas olímpicas
100m livre
150m pernada livre (evitar pernada de costas)
100m braçada medley
100m pernada de peito sem prancha
100m braçada medley
100m crawl R4 com virada simples – aumentar a velocidade de execução da virada
2 x 100m medley revezamento – começa com COSTAS (saída e pernada submersa), PEITO, GOLFINHO E CRAWL – SEMPRE NESTA ORDEM.
200m escolhe o seu melhor estilo e executa a virada do estilo – sem parar
200m costas com 2 saídas da borda antes de começar cada piscina
Total: 2600m + 7 saídas do nado costas


Aula dia 29/04/2009 – quarta-feira

200m 6 costas - 4 peito – 8 crawl –
sempre fazer a virada do estilo que chegou na borda
100m pernada de golfinho com prancha
200m medley revezamento – COSTAS, PEITO, GOLFINHO E CRAWL
200m peito – pular da borda a cada 50m e fazer a filipina depois do salto
200m costas – cada piscina executar 2 saídas da borda em cada piscina
100m braçada livre com pulbói
100m pernada de peito com braçada de crawl
100m pernada de golfinho com braçada de peito
200m crawl R6 com virada olímpica – executar com velocidade máxima a virada
200m peito com viradas simples e procurar sair na bandeirinha em cada borda
2 x 100m medley – fazer salto da borda e viradas de todos os estilos
200m crawl R4 – cada vez que virar a cabeça para respirar gritar em voz alta o nome de uma fruta
100m pernada de costas sem prancha
100m braçada livre
200m escolher seu melhor estilo – fazer salto da borda em cada piscina
200m costas com bastante deslize de braçada
Total: 2600m

domingo, 26 de abril de 2009

Vídeo de golfinho

video

Vídeo educativo do nado golfinho! Aproveite!

fonte: youtube

Vídeo educativo

video

Técnica dos estilos em vídeo! Divirtam-se!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

AULA DIA 25/04/2009





Aula dia 25/04/2009 – sábado

150m pernada de estilo e braçada de outro
100m costas
150m pernada de estilo e braçada de outro – diferente do 1º exercício
100m peito
200m crawl com virada olímpica
200m costas com virada olímpica - aumentar a velocidade na hora de fazer as viradas FAZER 7 VIRADAS SIMPLES DE PEITO COM FILIPINA DA BANDEIRINHA A BORDA
150m pernada livre com prancha
100m livre
150m braçada livre com pulbói
100m livre
400m alternar 50m peito com viradas simples e 50m crawl ou costas com virada olímpica do estilo que escolheu
100m braçada do seu melhor estilo
100m livre
6 x 100m medley – 1 medley com viradas simples em todos os estilos
1 medley com viradas olímpicas em todos os estilos

Total: 2600m + 7 viradas de peito



Aula dia 27/04/2009 – segunda-feira

150m crawl R3 com viradas simples em todas as piscinas
150m costas com virada olímpica
150m crawl R4 com virada olímpica
150m peito com virada simples e filipina em todas as piscinas
100m medley – executar todas as viradas dos 4 estilos
FAZER 7 SAÍDAS DO NADO COSTAS - DA BORDA ATÉ A BANDEIRINHA
100m livre
50m mergulho de costas com pernada submersa de golfinho
50m crawl R5
100m peito R2
500m costas – fazer saída a cada 100m e 50m com viradas simples e 50m com viradas olímpicas
100m pernada livre (evitar pernada de costas)
100m braçada medley
100m pernada de peito com prancha
100m braçada medley
100m crawl R6 com virada simples – aumentar a velocidade de execução da virada
200m medley revezamento – começa com COSTAS (saída e pernada submersa), PEITO, GOLFINHO E CRAWL – SEMPRE NESTA ORDEM.
200m escolhe o seu melhor estilo e executa a virada do estilo – sem parar
200m costas com 2 saídas da borda antes de começar cada piscina
Total: 2600m + 7 saídas do nado costas









quinta-feira, 23 de abril de 2009

Hidratação do atleta



Normas Gerais de Hidratação para o Atleta


A ciência aplicada à natação em termos de pesquisa, juntamente com a parte técnica, têm evoluído nestes últimos anos. Não existem dúvidas e, é importante ressaltar, que a nutrição tem sido cada vez mais valorizada sua atuação no contexto junto ao acompanhamento do atleta. A sofisticação tecnológica na área ligada a análise da composição corporal veio contribuir muito para evolução no acompanhamento do atleta, otimizando não só no aspecto preventivo no que diz respeito ao sobre-treinamento ("overtraining") como otimizando também na preparação do atleta, seja durante treinamento e período competitivo.
A seguir alguns tópicos serão colocados com intuito de auxiliar e/ou tirar dúvidas de atletas que participam de treinamento exaustivo prolongado e de competição.



HIDRATAÇÃO PRÉ INTRA PÓS TREINO/COMPETIÇÃO



O corpo humano adulto é constituído de mais de 65% do seu peso corporal de água (dependendo da faixa etária e estado nutricional), mais de 60% da água corporal se encontra dentro da célula. Portanto, o déficit de água tanto no compartimento extra quanto no intra celular é um fator de má performance. A perda de água corporal ocorre, principalmente, através do suor. A velocidade da sudorese, depende de fatores tais como intensidade e duração do treinamento, condições ambientais (temperatura, umidade velocidade do vento do meio ambiente), nível de aptidão física e aclimatação ao meio ambiente. A condutividade térmica da água, isto é, a velocidade de troca de calor entre a temperatura do corpo do atleta e da água (piscina, mar etc) é 24 vezes maior na água do que no ambiente fora d’água. Com isto, quando o atleta se encontra dentro da água a temperatura do corpo se iguala a temperatura da água bem mais rápido do que fora deste ambiente.
O déficit de água corporal ocorre primariamente no meio intra celular, célula muscular e a seguir na célula da pele. A seguir no extra celular com diminuição do volume plasmático ( o volume de água plasmática corresponde apenas 4% da água corporal total). O aumento da tonicidade plasmática é devido a maior perda de água do que de eletrólitos. A perda de água leva a consequente diminição da capacidade de perda de calor interno (sistema termoregulador), elevando a temperatura corporal à niveis muito alto. A consequências principais do déficit de água corporal são duas: a) diminuição da performance aeróbica. b) aumento da temperatura corporal central predispondo o atleta a doenças induzidas pelo calor tais como; cãibras, exaustão térmica. Intermação (temperatura corporal central acima de 40.5 Cº ) e síncope.

Colaborador da Web Swimming:
Dr. MARCUS F. BERNHOEFT
(Diretor do Depta. Médico da CBDA)
Email: bernhoef@antares.com.br

VIRADA DE PEITO

VIRADA NADO PEITO

Muita gente pensa que a virada de peito começa quando tocamos a parede... Grande engano! Pelo menos a virada de peito inicia na bandeirola e as vezes até na filipina do outro lado da piscina. Explicando melhor, a idéia de uma boa virada, é transferir a energia e o ritmo do seu nado para a parede na entrada e saída.
Se o seu último ciclo de braçada antes de tocar a parede foi curto e rápido, ou longo e deslizado, você em ambos os casos perdeu o seu ritmo, e quebrou o padrão do nado. Viradas de peito corretas são preparadas a partir da forma como você irá tocar na parede.
A completa extensão dos braços, combinada com o fechamento do ciclo completo da braçada e pernada seria o movimento ideal de toque na parede antes da virada. Sem qualquer quebra de ritmo e na extensão completa do movimento, a aproximação da borda irá lhe permitir uma execução perfeita da virada.
Para isso você tem duas opções de conseguir alcançar esta chamada “perfeição” de movimentos.

1) A primeira é descobrir o número de braçadas que você precisa executar entre a bandeirola e a parede. A bandeirola não serve apenas para o nado costas, é um indicativo que pode ser utilizado para qualquer nado e no nado peito representa o momento adequado para ajustar as braçadas afim de uma conclusão perfeita na aproximação de borda. Trate de contar e ajustar e comece isso logo no treinamento, hoje mesmo!

2) A segunda é para aqueles que não conseguem de maneira nenhuma fechar de forma adequada a virada e precisam começar a ajustar o nado desde a filipina do outro lado da borda. Isto porque muitas vezes um movimento mais longo ou mais curto na filipina irá dar ao nadador a perfeita conclusão do nado na aproximação da virada do outro lado.

Ajustar a virada, mais precisamente a entrada e aproximação da virada não quer dizer
reduzir a contagem de número de braçadas ou movimentos, a proposta é de fazer com que haja uma otimização dos movimentos finalizando de forma perfeita no toque da borda para a virada.
fonte:www.tudosobrenatação.blogspot.com

quarta-feira, 22 de abril de 2009

AULA DIA 23/04/2009


Aula dia 23/04/2009 – quinta-feira
200m alternar 50m costas e 50m crawl – usar sempre viradas simples
100m pernada medley com prancha
200m alternar 50m costas e 50m crawl – usar sempre as viradas olímpicas
100m braçada medley
200m alternar 25m costas e 25m crawl – usar virada em todas as piscinas – pode ser a simples ou a olímpica
100m medley completo
100m crawl ou costas – usar a virada do estilo que escolheu
200m peito virada simples e filipina
200m pernada livre com prancha
200m braçada livre
4 x 100m medley – usar no golfinho e peito viradas simples e no costas e crawl usar virada olímpica
100m vai mergulho volta costas
200m escolhe 1 estilo e faz sempre a virada deste estilo –sem parar
300m escolhe estilo diferente do exercício anterior e faz sempre com virada do estilo – parar a cada 150m para descansar
Total: 2600m


Aula dia 24/04/2009 – sexta-feira

150m pernada de estilo e braçada de outro
100m costas
150m pernada de estilo e braçada de outro – diferente do 1º exercício
100m peito
400m alternar 50m crawl com virada olímpica e 50m costas com virada olímpica - aumentar a velocidade na hora de fazer as viradas – descansar a cada 200m
FAZER 7 VIRADAS SIMPLES DE PEITO COM FILIPINA DA BANDEIRINHA A BORDA
150m pernada livre com prancha
100m livre
150m braçada livre com pulbói
100m livre
400m alternar 50m peito com viradas simples e 50m crawl ou costas com virada olímpica do estilo que escolheu
100m braçada do seu melhor estilo
100m livre
6 x 100m medley – 1 medley com viradas simples em todos os estilos
1 medley com viradas olímpicas em todos os estilos

Total: 2600m + 7 viradas de peito

domingo, 19 de abril de 2009

Virada de crawl

Viradas olímpicas de crawl são utilizadas desde as Olimpíadas do
México em 1968. Até aquela época, os nadadores eram obrigados a tocar com a
mão na parede. A primeira variação foi anexar após o toque da mão na parede
uma pequena cambalhota e uma saída da borda mais rápida.
A FINA modificou a regra e permitiu a nova virada que a partir de então
deveria ser um toque de qualquer parte do corpo na parede quando todos
passaram somente a executar a cambalhota normal.
Neste artigo vamos sugerir dois itens, o primeiro um processo educativo
que é de grande validade para as categorias inferiores no processo de formação e
aprendizagem da virada olímpica propriamente dito. O processo leva o nadador a
executar a virada de crawl deixando a borda na posição de lado. ("Todas as
saídas das bordas em viradas são lado, em todos os estilos", por Coach Alex
Pussieldi 2001)
O segundo item são exercícios específicos para a melhoria na rapidez
da execução da virada e com grandes aplicações para nadadores de qualquer
nível ou idade, confira:


PROCESSO EDUCATIVO PARA VIRADA DE CRAWL
1) Faça seu nadador executar a cambalhota simples na piscina ficando no mesmo
lugar em pé. Em caso de nadadores iniciantes você pode auxiliar o mesmo na
execução do giro estando dentro d'agua com seu nadador e facilitando o giro com
a sua ajuda. Execute de forma livre ou na propria raia pois isso ajuda ao nadador
entender o processo de giro.


2) Tente ensinar a seu nadador que uma bola de ping pong gira mais rápido do
que uma bola de basquete, portanto desde o princípio ensine o giro de forma
compacta.



3) Faça seu atleta nadar crawl em direção a borda e executar o giro da virada o
mais próximo possível da parede, sem tocar a parede e finalizar o movimento em
pé junto a mesma. Fazer isso sob forma de competição vencendo aquele que tiver
o rosto o mais próximo da borda sem tocar pés ou qualquer parte do corpo.


4) O próximo passado será executar a virada de crawl na parede e sair da borda
na posição de costas apenas deslizando em total streamline. Não usar nenhum
movimento propulsivo após a execução da virada apenas a impulsão. Isso ajuda
ao nadador entender a importância deste movimento de saída da borda.


5) Executar a virada de crawl, o giro para a posição de costas, mas só deixar a
parede na posição de lado. Ou seja, entre após a virada e o toque dos pés na
parede na posição de costas so deixa-lá após girar o corpo na posição de lado.
Deixar a parede em impulsão na posição de lado em total streamline e deslizando
até a perda total da velocidade. A saída de lado da parede é algo fundamental!


6) Executar a virada de crawl, sair de lado da parede e deslizar retornando
lentamente a posição ventral no deslize sem qualquer propulsão de braços ou
pernas. O streamline deve ser mantido durante toda a execução da saída da
borda e a execução do movimento até a perda total de velocidade. Não iniciar o
nado neste exercício, apenas deslizar até perder a velocidade.


7) Finalmente, executar todos os processos anteriores e encerrar com o inicio de
nado de crawl. Praticar a seqüência sem pular nenhum "degrau" antes que o
movimento atinja a total perfeição de execução. Boas viradas!!!


EXERCÍCIOS PARA ACELERAÇÃO DO GIRO DA VIRADA DE
CRAWL
SUPER GIRO 25
1) Solicitar a seus nadadores que executem um tiro de 25 metros para tempo de
crawl de cima do bloco de partida e cronometra-los.
2) Repetir o tiro de 25 metros de crawl alguns minutos depois sendo que agora ao
invés dos nadadores finalizarem com a chegada eles deverão executar um giro e
chegar com os pés na borda, como se estivessem fazendo a virada de crawl. Nao
é necessário a saída da parede, apenas o giro e o toque na borda. Cronometrar o
tiro e so parar o cronometro com o toque dos pés na parede
3) A idéia aqui é fazer com que os nadadores consigam aproximar ao maximo ou
igualar e até mesmo superar o tempo anterior com a chegada normal.
Obs: Este exercício é perfeito para o desenvolvimento de giros rápidos para seus
atletas. Faca-o em forma de competição e estimule a melhora geral do grupo. Em
suas series de 25 no treinamento inclua alguns com este tipo de chegada, so ira
contribuir para a melhora da velocidade do movimento.


SUPER GIRO PARADO
1) Colocar seus nadadores em uma area afastada da parede e na qual eles
estejam afastados uns dos outros.
2) Solicitar o giro completo deles na mesma posicao, com a execucao da
cambalhota logo apos o seu sinal e sem sairem do mesmo lugar.
3) Executar o trabalho em forma de competicao e estimular aquele nadador que
conseguir executar o giro completo voltando a posicao normal o mais rapido
possivel.
Obs: Outro exercício com aplicacao direta para a velocidade do giro do atleta.
Fonte: Best Swimming
Como fazer sua virada de crawl ficar mais eficiente e rápida?
Por Coach Alex Pussieldi, Fort Lauderdale Swim Team

sexta-feira, 17 de abril de 2009

AULA DIA 22/04/2009


Aula dia 22/04/2009 – quarta-feira

200m alternar 50m costas e 50m crawl – usar sempre viradas simples
100m pernada medley com prancha
200m alternar 50m costas e 50m crawl – usar sempre as viradas olímpicas
100m braçada medley
200m alternar 25m costas e 25m crawl – usar virada em todas as piscinas – pode ser a simples ou a olímpica
100m medley completo
100m crawl ou costas – usar a virada do estilo que escolheu
200m peito virada simples e filipina
150m pernada livre com prancha
150m braçada livre
5 x 100m medley – usar no golfinho e peito viradas simples e no costas e crawl usar virada olímpica
100m vai mergulho volta costas duplo
300m escolhe 1 estilo e faz sempre a virada deste estilo –sem parar
300m escolhe estilo diferente do exercício anterior e faz sempre com virada do estilo – parar a cada 150m para descansar
Total: 2600m

quarta-feira, 15 de abril de 2009

AULA DIA 18/04/2009


18/04/2009 – sábado
150m peito
150m costas
50m mergulho
200m crawl – a cada 08 braçadas executar uma cambalhota onde estiver
2 x 100m medley
Fazer agora 07 viradas olímpicas – da bandeirinha até a borda da piscina
150m pernada de costas sem prancha
150m costas duplo
50m mergulho
200m crawl – fazer virada simples em cada piscina
2 x 100m medley
100m braçada livre com palmar
200m costas com máximo de deslize
500m crawl – escolher 01 borda para executar a virada olímpica – outra fazer virada simples
200m peito com bastante deslize e fazer virada simples em cada borda
100m livre

Total: 2600m + 7 viradas olímpicas


Aula dia 20/04/2009 – segunda-feira
100m peito
300m crawl R2 ou R4 – alternar 50m virada olímpica com 50m viradas simples
100m peito
200m costas cada 08 braçadas executar uma cambalhota onde estiver
100m medley
Fazer agora 07 viradas olímpicas de costas – da bandeirinha até a borda da piscina
150m pernada de crawl com prancha
150m crawl R5
200m costas – fazer virada simples de costas em cada piscina
200m medley (50m cada estilo)
100m braçada livre com palmar
200m peito
400m costas – escolher 01 borda para executar a virada olímpica – outra fazer virada simples
200m peito com bastante deslize e fazer virada simples em cada borda
100m livre
Total: 2500m + 7 viradas olímpicas de costas



AULA DIA 16/04/2009


Aula dia 16/04/2009 – quinta-feira

50m crawl R4
50m peito
150m costas
50m mergulho
200m crawl – a cada 8 braçadas executar uma cambalhota onde estiver
2 x 100m medley
50m pernada de costas sem prancha
50m pernada de peito de costas
150m costas duplo
50m correndo
200m crawl – fazer virada simples em cada piscina
2 x 100m medley
200m braçada livre com palmar
200m costas com máximo de deslize
400m crawl – escolher 1 borda para executar a virada olímpica – outra fazer virada simples
200m peito com bastante deslize
100m golfinho R2

Total: 2500m


Aula dia 17/04/2009 – sexta-feira
50m crawl R4
50m peito
150m costas
50m mergulho
200m crawl – a cada 8 braçadas executar uma cambalhota onde estiver
2 x 100m medley
Fazer agora 07 viradas olímpicas – da bandeirinha até a borda da piscina
50m pernada de costas sem prancha
50m pernada de peito de costas
150m costas duplo
50m mergulho
200m crawl – fazer virada simples em cada piscina
2 x 100m medley
200m braçada livre com palmar
200m costas com máximo de deslize
400m crawl – escolher 1 borda para executar a virada olímpica – outra fazer virada simples
200m peito com bastante deslize e fazer virada simples em cada borda
100m golfinho R2

Total: 2500m + 7 viradas olímpicas

segunda-feira, 13 de abril de 2009

aula dia 13/04/2009


Aula dia 13/04/2009 – segunda-feira
50m costas duplo
100m pernada lateral de crawl com prancha
50m costas
100m pernada de crawl com prancha e bastante força na pernada
400m braçada de crawl com palmar – alongar e finaliza-la bem
50m peito
100m pernada de costas sem prancha
50m peito
100m pernada de costas com prancha atrás da cabeça
4 x 100m medley – cada 100m fazer 05 flexões de braço na borda
100m livre
50m costas
100m - 2 pernadas de peito para cada braçada
50m costas
100m peito R2
50m costas
500m crawl – cada piscina muda o R e fazer 15 flexões de braço e alongamento a cada 250m
Total: 2350m

Aula dia 14/04/2009 – terça-feira
150m vai costas duplo
volta pernada lateral de crawl sem prancha
150m vai costas
volta pernada de crawl sem prancha e força
100m crawl R3
400m braçada de crawl com palmar – alongar e finaliza-la bem
150m vai peito volta pernada de costas sem prancha
150m vai peito volta pernada de costas com braços atrás da cabeça
100m crawl R4
4 x 100m medley – cada 100m fazer 05 flexões de braço na borda
150m vai costas
volta 2 pernadas de peito para cada braçada
150m vai costas
volta peito R2
600m crawl – cada piscina muda o R e fazer 15 flexões de braço e alongamento a cada 300m
50m mergulho
50m correndo
Total: 2600m

Aula dia 15/04/2009 – quarta-feira
200m alternar 50m costas e 50m pernada de peito sem prancha
100m medley com mão fechada
200m alternar 25m peito e 25m pernada de costas
100m medley com mão fechada
50m mergulho com qualquer pernada submersa
50m cachorrinho
4 x 100m medley com palmar em todos os estilos
100m costas duplo
100m peito
100m costas – 2 braçadas para cada lado
100m peito R2
100m medley
500m crawl R5 – 250m com palmar e 250m sem palmar
100m medley
100m golfinho com mão fechada
100m peito
100m costas
100m peito
Total: 2600m




Planejamento Anual


PLANEJAMENTO ANUAL - NATAÇÃO

O planejamento com seus conteúdos são flexíveis, de acordo com o nível da turma a que está sendo trabalhado.

PERÍODO

06/04 a 15/04/2009
Força


16/04 a 25/04/2009
Viradas dos 4 estilos


27/04 a 06/05/2009
Saltos + saída dos 4 estilos


07/05 a 16/05/2009
Técnica nado crawl


18/05 a 27/05/2009
Técnica nado costas


28/05 a 03/06/2009
Técnica do nado peito


04/06 a 13/06/2009
Técnica do nado golfinho


15/06 a 24/06/2009
Resistência


25/06 a 04/07/2009
Velocidade


06/07 a 11/07/2009
Semana especial (aulas divertidas)


13/07 a 22/07/2009
Técnica do nado medley


23/07 a 01/08/2009
Força


03/08 a 12/08/2009
Viradas dos 4 estilos


13/08 a 22/08/2009
Saltos e saídas dos 4 estilos


24/08 a 02/09/2009
Técnica nado crawl


03/09 a 12/09/2009
Técnica nado costas


14/09 a 23/09/2009
Técnica do nado peito


24/09 a 03/10/2009
Técnica do nado golfinho


05/10 a 14/10/2009
Semana especial (dia das crianças)


15/10 a 24/10/2009
Técnica nado medley


26/10 a 04/11/2009
Resistência


05/11 a 14/11/2009
Velocidade


16/11 a 25/11/2009
Técnica nado crawl + virada de crawl


26/11 a 05/12/2009
Técnica nado costas + virada de costas


07/12 a 16/12/2009
Técnica nado peito + virada de peito


17/12 a 26/12/2009
Semana especial (Natal)


28/12 a 06/01/2010
Técnica nado golfinho + virada de golfinho


07/01 a 16/01/2010
Técnica 4 estilos + saída dos 4 estilos


18/01 a 27/01/2010
Velocidade


28/01 a 05/02/2010
Resistência


08/02 a 17/02/2010
Técnica nado crawl


18/02 a 27/02/2010
Técnica nado costas


01/03 a 10/03/2010
Técnica nado peito


11/03 a 20/03/2010
Técnica nado golfinho


22/03 a 31/03/2010
Força


01/04 a 10/04/2010
Semana especial com Saltos e Viradas


12/04 a 21/04/2010
Técnica 4 estilos + viradas dos 4 estilos


22/04 a 01/05/2010
Resistência

quarta-feira, 8 de abril de 2009

AULA DIA 11/04/2009 SÁBADO


Aula dia 11/04/2009 – sábado
100m costas
50m pernada de peito com prancha
100m peito
50m pernada de costas sem prancha
2 x 200m crawl – 1º 200m – com mão fechada
2º 200m – com palmar – usar maior que sua mão
100m medley
200m vai peito – 2 pernadas para cada braçada
Volta peito normal com máximo deslize
400m crawl sempre R ímpar – pernada bem forte em toda ida
200m vai costas
Volta costas 3 braçadas para cada lado
200m vai peito
Volta costas duplo com pernada bem forte de peito
200m vai costas
Volta braçada de peito com pernada de crawl
500m crawl R par com palmar forçando bem final de braçada
100m ½ mergulho ½ correndo
Total: 2600m

AULA DIA 08/04/2009


Aula dia 08/04/2009 – quarta-feira

150m vai pernada de costas
Volta peito
150m vai pernada de costas com pernada bem ampla
Volta peito - 2 pernadas para 1 braçada
400m crawl vai R3 – volta R4 – com palmar – fazer sem parar
150m vai pernada de peito sem prancha
Volta costas
150m vai pernada de peito submersa
Volta costas - 2 braçadas para cada lado
400m medley (100m cada estilo) – usar palmar no golfinho e no peito
150m vai pernada de costas
Volta peito
150m vai pernada de costas com pernada em velocidade
Volta peito submerso
400m crawl R5 vai sempre com mão fechada / volta normal
200m braçada livre
200m costas - empurrar bem forte os pés na borda em cada piscina
100m mergulho com bastante deslize
Total: 2600m

Aula dia 09/04/2009 – quinta-feira
150m vai pernada de costas
Volta peito
150m vai pernada de costas com pernada bem ampla
Volta peito - 2 pernadas para 1 braçada
400m crawl vai R3 – volta R5 – com palmar –
150m vai pernada de peito sem prancha
Volta costas duplo
150m vai pernada de peito submersa
Volta costas - 3 braçadas para cada lado
4 x 100m medley (25m cada estilo) – usar palmar 2º e no 4º
150m vai pernada de costas
Volta peito
150m vai pernada de costas com pernada em velocidade
Volta peito submerso
400m crawl R4 vai sempre com mão fechada / volta normal
200m braçada livre
200m costas - empurrar bem forte os pés na borda em cada piscina
100m correndo
Total: 2600m

terça-feira, 7 de abril de 2009

AULA DIA 07/04/2009


Aula dia 07/04/2009 – terça-feira

100m crawl R3
50m pernada de costas sem prancha
100m crawl R4
50m pernada de costas com prancha
100m peito com mão fechada
50m pernada de costas sem prancha
100m peito
50m pernada de costas com prancha
400m crawl R5 – com palmar – arrumar o maior palmar
2 x 100m medley (25m cada estilo)
100m costas duplo
50m pernada de costas sem prancha
100m crawl R6
50m pernada de costas com prancha enterrada dentro da piscina
300m braçada livre com pulbói e palmar – fazer sem parar
200m medley (50m cada estilo)
200m peito empurrando bem forte os pés em cada borda
200m crawl R par bem solto
100m golfinho

Total: 2600m

segunda-feira, 6 de abril de 2009

AULA DIA 06/04/2009






Aula dia 06/04/2009 – segunda-feira
100m costas
50m pernada de crawl sem prancha
100m costas
50m pernada de crawl com prancha
100m peito com mão fechada
50m pernada de crawl sem prancha
100m peito
50m pernada de crawl com prancha
400m crawl R4 – com palmar – arrumar o maior palmar
200m medley (50m cada estilo)
100m costas duplo
50m pernada de crawl sem prancha
100m costas
50m pernada de crawl com prancha enterrada dentro da piscina
300m braçada livre com pulbói e palmar – fazer sem parar
2 x 100m medley
200m peito com deslize em cada borda
200m crawl R ímpar bem solto
100m golfinho

Total: 2600m

AULA DIAS 03 E 04/04/2009

Aula dias 03 e 04/04/2009

50m mergulho
50m costas
50m pernada de crawl com braçada de peito
50m pernada de peito com braçada de crawl
200m vai cachorrinho com a cabeça fora da água
Volta costas com bastante deslize
150m crawl R5 com palmar
200m vai braçada medley (GO – CO – PE – CR)
Volta sempre braçada de peito
50m pernada submersa de qualquer estilo
50m correndo com braços atrás da cabeça
50m pernada de peito com braçada de golfinho
50m pernada de golfinho com braçada de peito
150m crawl R3
150m pernada livre com prancha
150m vai peito com cabeça fora da água / volta costas
400m medley (100m cada estilo)
200m ½ peito com a cabeça fora da água e ½ peito normal
200m ½ piscina de costas duplo e ½ piscina pernada de costas
300m escolher 2 estilos e nadar 50m cada estilo até terminar o percurso
Total: 2500m

quarta-feira, 1 de abril de 2009

AULA DA SERPENTE

AULA DIA 01/04/2009
A PISCINA COM 5 RAIAS FOI DIVIDIDA EM 5 CIRCUITOS DIFERENTES. CADA ALUNO DEVERÁ SEMPRE COMEÇAR NO 1º CIRCUITO E NADAR CONFORME TABELA COLOCADA NA RAIA. DEPOIS, NO FIM DA RAIA, O ALUNO DEVERÁ PASSAR DEBAIXO DA MESMA E COMEÇAR O 2º CIRCUITO, ATÉ TERMINAR NO 5º CIRCUITO. CADA RAIA DEVERÁ TER UM SENTIDO PARA QUE OS ALUNOS POSSAM FAZER SEUS EXERCÍCIOS. EXEMPLO: RAIA 01 NATAÇÃO NO SENTIDO DE IDA, RAIA 2 NATAÇÃO NO SENTIDO DE VOLTA, SEMPRE RESPEITANDO O SENTIDO DA RAIA QUE O ALUNO ESTIVER.